Prática e Acompanhamento online: Movimento Sensível em pesquisa

Os encontros são quinzenais com duas horas de duração e são voltados para quem tem interesse pessoal ou profissional em conhecer e desenvolver maior autonomia com os princípios, conceitos e dispositivos das práticas do Movimento Sensível. O objetivo é propiciar um trabalho de aprofundamento no qual os participantes atuam como praticantes e pesquisadores. É uma abordagem calcada na experiência em pesquisa que fortalece o desenvolvimento da consciência sobre o trabalho. 

Seguem abaixo os conteúdos gerais resumidos que serão abordados em 2022:

·        A sintonia com o Corpo Sensível: conexão com as linearidades do movimento profundo, a pulsação da elasticidade interna, o “ir e o vir”, rebote do movimento, biorritmo sensorial, a escuta do movimento interno, auto toque, princípios da biomecânica sensorial (do amorfo ao habitar-se), absorção dos desequilíbrios, deslizamentos e liberações fasciais. Movimentos objetivos e subjetivos.

·        Aprofundando a navegação no Corpo Sensível pelas fascias: sequencias do movimento codificado do primeiro grau (articulações proximais e deslizamentos nos planos), pausa e ponto de apoio, a relação com o desconhecido, experiências da evolução do movimento pelas fascias, associação dos movimentos circulares e lineares, impulsos do movimento interno, amplitude e evolutividade, a sintonia entre as diferentes velocidades e a neutralidade ativa.

·        O devir do movimento: sequencias do movimento codificado do segundo grau (o desenvolvimento do corpo no espaço), movimentos intracorporal, pericorporal e extracorporal, a espinha: uma onda em pé, saltos, silêncio, o engajar-se com o movimento interno, a bomba pulsátil sutil, a não predominância entre escuta contemplativa e ação , pressão, a dissolução das fronteiras: nem dentro nem fora, balanços, globalidade.

·        O corpo sensível relacional: meditação plena presença, tensegridade: a rede de transmissão, quiasmas e interpenetração de forças opostas, a lentidão sensorial, os ritmos, a reciprocidade atuante e as interações pelo corpo, a provisoriedade dos sentidos e do movimento, as múltiplas interações local/global, as conexões possíveis/ disponíveis cabeça pescoço, e a consciência na matéria.

 

·        O Movimento autopoiético: a atenção sem artifício e sem intenção, sequencias do movimento codificado do quarto grau: a potência, desdobramento do trajeto sequencias e continuidades. Orientações e direções, tônus e movimentos dissociados, auto toque, ressonância e simetria sensorial, a música entre as diferentes velocidade, redes internas, multidirecionalidade, autopoiésis (si/mundo).  

Datas: Datas: 29 de Março, 12 e 26 de Abril, 17 e 31 de Maio, 14 e 28 de Junho, 09 e 23 de Agosto, 13 e 27 de Setembro, 11 e 25 de Outubro e 08 e 22 de Novembro. Terças feiras das 8:30 às 10:30.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

                    

FACILITADORA CONVIDADA

VERA MELO

(Psicopedagoga Perceptiva Portuguesa, de Lisboa. Ministra Prática e Acompanhamento online: 3 encontros Maio, Junho e Outubro; e Estágio Formação: 3 encontros online: Fevereiro, Março, Abril).

 

Psicopedagoga Perceptiva e Terapeuta em Fasciaterapia do Método Danis Bois desde 2003. Formada por Danis Bois em: Mestrado em Psicopedagogia Perceptiva, Pós-Graduação em Arte e Terapia do Movimento, e Pós-Graduação em Somato-Psicopedagogia Perceptiva e Arte Terapia Performativa.

Professora deste método em contexto académico e artístico: Mestrado de Psicopedagogia Perceptiva, Pós-graduação de Pedagogia, Terapia e Criatividade do Ser; Cursos de Formação, Workshops e aulas regulares em Lisboa, Porto, Tomar e Amesterdão.

FACILITADORA RESPONSÁVEL: MAÍRA LEME

Maíra Leme é artista com pós doutorado em Artes Cênicas, voltada à Psicopedagogia Perceptiva, abordagem desenvolvida por Danis Bois. É membro do CERAP- Centro de Estudos Aplicados à Psicopedagogia Perceptiva da Universidade do Porto (PT), por onde desenvolve a prática corporal do Movimento Sensível. Atua com a Educação Perceptiva do Movimento através das fáscias, voltada para a relação com o Corpo Sensível. Coordenou a área de Arte Teatral na Universidade Nove de Julho e atualmente ministra a disciplina de Movimento Sensível no Instituto de Artes da Unesp, em São Paulo, e através de aulas online e presenciais. É autora de "Ação Relacional: a ação como experiência de interação, um olhar sob a perspectiva do artista implicado pelo Sensível. 

Custo: 230,00 (o mês com dois encontros).

 

INSCRIÇÕES: (perguntas e esclarecimentos) whats (11) 933324033.